sexta-feira, 30 de novembro de 2012

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Pinturas clássicas famosas


Descoberto um planeta habitável


O planeta HD40307g (à esquerda) fica a uma distância ideal da estrela-mãe HD40307 para ter água em estado líquido na superfície
Astrônomos descobrem planeta fora do Sistema Solar que pode abrigar vida

Do UOL, em São Paulo
J. Pinfield/RoPACS network/University of Hertfordshire

O planeta HD40307g (à esquerda) fica a uma distância ideal da estrela-mãe HD40307 para ter água em
estado líquido na superfície

Astrônomos de universidades europeias divulgaram nesta quinta-feira (8) ter descoberto um possível planeta habitável fora do Sistema Solar. O HD40307g tem uma massa sete vezes maior do que a da Terra e é o exoplaneta mais longe, entre os seis do seu sistema, da estrela HD40307, que está a 42 anos-luz.
Esta distância, semelhante a da órbita do nosso planeta para o Sol, é ideal para que o exoplaneta receba energia e calor suficientes para manter água em estado líquido em sua superfície e atmosfera estável para que seja habitado. Além disso, segundo os astrônomos, é provável que o HD40307g faça rotação em seu próprio eixo, uma vez que orbita essa estrela massiva, criando momentos diurnos e noturnos no planeta, outro fator semelhante ao da Terra.
A pesquisa, que será publicada no renomado periódico Astronomy & Astrophysics, foi liderado Mikko Tuomi, da Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, e Guillem Anglada-Escude, Universidade de Goettingen, na Alemanha.
A estrela HD 40307, um pouco menor e um pouco mais fria que o nosso Sol, já era conhecida dos astrônomos. Mas pesquisas anteriores apontavam apenas três objetos muito próximos ao seu redor – o que dificultava o surgimento da vida.
Só após cruzar dados do espectrógrafo Harps, do Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês), o mais preciso do mundo para buscar planetas fora do Sistema Solar, o grupo conseguiu detectar sinais de três novos mundos na órbita da estrela, entre eles o exoplaneta HD40307g.
O estudo ressalta, também, que este não é a primeira vez que um estudo descobre um exoplaneta com potencial para abrigar a vida: a Nasa (Agência Espacial NorteAmericana) conseguiu comprovar no início do ano que o Kepler 22b, detectado em 2009 pela missão espacial Kepler, está apto para ser habitável. Mesmo tendo condições similares às do HD40307g, ele fica muito longe da Terra, a cerca de 600 anos-luz, ao contrário da nova descoberta.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

A Boa Memória

Falta de memória ou falta de atenção? Hoje em dia tem mais gente jovem reclamando do esquecimento do que idosos. Na série especial do Jornal da Record desta terça-feira (02/10/2012), o repórter Rodrigo Vianna mostra como estresse das grandes cidades prejudica a memória.

 

Clique aqui e veja as outra matérias sobre memória do repórter Rodrigo Vianna em R7

Seus rins